Alex Boscaini a soma de todos os medos de Bonatto e André Pacheco

A descrença na política tem contribuído para muitas pessoas perderem a vontade de participar das eleições, sejam elas candidatos ou eleitores. Mas tem um sentimento no ser humano, que supera qualquer obstáculo, esse sentimento muitas vezes se expressa através da “revanche”. Digo “revanche” no sentido da disputa e não sentido real da tradução, queiram ou não queiram esse sentimento existe, seja numa disputa acirrada entre candidatos, ou numa reviravolta eleitoral, onde o povo em pleno exercício de cidadania, através do voto, da sua resposta nas urnas.
Muito embora as “revanches” candidato 1 x candidato 2 , tudo de novo, não sejam algo comum em Viamão, não é impossível que em 2020 ocorra um “dejavu” ( o mesmo filme em outro tempo) e neste caso especifico o que pode acontecer é uma reprise do que vimos em 2012. Só que desta vez pode ser Alex X Bonatto, cara a cara, disputando cada voto. É obvio e quase unanime no meio político que Bonatto não teria essa coragem, por isso certamente irá preparar outro candidato. Ainda sim teríamos uma reprise de 2012.
O ex-prefeito Alex Boscaini, já foi vereador e prefeito de Viamão, durante 16 anos militou e atuou como politico eleito deste munícipio, duas vezes prefeito pelo PT, governou Viamão de 2004 a 2012, ano em que Viamão viveu uma de suas eleições mais acirradas, de um lado a maquina do PT com Robson Duarte como candidato a prefeito, sob coordenação de Alex Boscaini, e do outro lado Valdir Bonatto ( PSDB ) da Mudança de Verdade, que apesar de uma intensa campanha de recrutamento de lideranças, entidades e muito recurso financeiro, ganhou a eleição de 2012 por uma diferença mínima.
Vale lembrar que mesmo diante do desgaste ( erros e acertos ) dos 16 anos do governo PT em Viamão, mesmo com uma montanha de promessas da dupla Bonatto e André Pacheco, ainda sim, a Mudança de Verdade, quase perdeu.
Na eleição passada ( 2016 ) a dupla Bonatto e André Pacheco, surfou livre da ameaça do adversário politico, que concorreu a uma cadeira na Câmara de Vereadores de Viamão, ficando como primeiro suplente da bancada do PT. A eleição de 2016 é vista por muitos como uma eleição ( fria ) onde o povo, diante de uma instabilidade econômica, crise politica nacional, curto tempo de campanha e a gigantesca máquina de propaganda da campanha do candidato André Pacheco que ( abafava seus adversários ) optou por dar o segundo mandato para a dupla da Mudança de verdade. Somando-se a estes fatos a candidatura ainda apresentou uma coligação de 12 partidos, centenas de Ccs nas ruas, além de dezenas de candidatos com todos os recursos da maquina administrativa na mão, André Pacheco dominou nas urnas, para muitos entendidos foi uma eleição onde todos já imaginavam o resultado, onde o eleitor apenas cumpriu o protocolo.
Hoje é nítido o descontentamento do eleitorado viamonense, diante do fracassado governo de Bonatto / André Pacheco / Russinho , que só pensa em arrecadar e penalizar a população através de taxas, multas e manobras politicas com sua base de governo, vereadores ( coniventes ) que tudo aprovam e desaprova em prol do prefeito, as coisas parecem tomar outro rumo.
Muito tem se comentado nas ruas, em rodas de conversa ( em dar o troco ) nos bastidores da politica, fala-se em uma ” revanche” e que a “oposição” precisa apresentar um nome, capaz de enfrentar de igual para igual o projeto da Mudança de Verdade, um nome com expressão nas urnas, um nome capaz de unir a oposição, e que tenha o mais importante quando se refere a projetos entre coligações: experiência política, confiança para com partidos aliados, proximidade com o povo, parceria histórica com entidades e palavra aos aliados e colaboradores, coisa que a mudança de verdade ( nunca teve )
Nos principais grupos de discussão, um dos nomes que sempre surge é o nome do ex-prefeito Alex.
Na semana passada, Alex Boscaini esteve no programa JSDebates do Jornal Sexta, transmitido ao vivo nas redes socais, o vídeo já alcançou 8.000 visualizações e continua aumentando o número de pessoas interessadas em saber quais as pretensões do ex-prefeito. Durante o debate , Alex Boscaini deixou muitas coisas no ar, e margem para diversas interpretações sobre o seu futuro politico, tudo indica que o ano de 2018, será apenas o começo da discussão e que 2020, nunca esteve tão perto, daqui para frente, tudo pode acontecer.
Trago aqui em primeira mão uma entrevista exclusiva com o ex-prefeito de Viamão Alex Boscaini, que para muitos entendidos da politica, é um dos nomes capaz de vencer em uma futura eleição a màquina de votos e dinheiro de Bonatto e André Pacheco.
 
Perguntas:
1ª É impressão ou Alex Boscaini tem se movimentado mais nos bastidores da politica e no meio da comunidade?
 Responda em sequencia no vídeo
 
2ª Analisando o contexto atual da politica local, onde tanto se fala na falta de nomes para disputar as próximas eleições, existe a possibilidade de Alex colocar o nome a disposição para concorrer à Assembleia Legislativa em 2018? Responda em sequencia no vídeo
 
3º Durante as eleição de 2012 comentava-se que o PT tinha muitas divisões e algumas dessas divisões culminou em rachas dentro do partido que evidentemente teve um reflexo nas urnas, hoje o PT de Viamão, estaria mais preparado para uma unificação em prol de um único nome ? Responda em sequencia no vídeo
 
4º Durante os últimos 5 anos, primeiro os 4 anos do governo Bonatto e agora mais 1 ano de André Pacheco, o governo, trabalhou e tem trabalhado para mostrar que fizeram alguma coisa, mas parece muitas vezes que andam em círculos e o que se vê por ai, ( apesar dos viamonenses terem confiado mais um mandato para o projeto Mudança de Verdade ) são muitas lamentações e descontentamentos, principalmente nas redes sociais. Como você avalia esta situação? Responda em sequencia no vídeo
 
5ª Como vereador, ex-prefeito de Viamão e liderança politica de expressão, com um longo currículo de vitórias, sendo uma das grandes lideranças do PT no município, Alex Boscaini, sempre será lembrado como um candidato natural da sigla para disputar uma eleição. O que você acha disso, hoje o ex-prefeito Alex estaria preparado e disposto a uma ” revanche ” caso seu nome seja escolhido pelo partido para essa missão ? Responda em sequencia no vídeo
Entrevista : Mario Dutra / Jornalista / MTB17749/RS 

Posted by Mario Dutra on Wednesday, December 6, 2017

Publicidade

———————————————————————————————————————————–

      

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *